Carta aberta a António Guterres, Angela Merkel, elites de “Bambi” e políticos de Teltow, (Berlin, Brandenburg)

Segundo a revista italiana “Famiglia Christiana”, com o que Roma deita no lixo poderia alimentar-se um milhão de pessoas e com o que Itália deita no lixo poderia alimentar-se o dobro da população de Itália. Em quase 30 anos que vivi a maior parte do tempo em Itália e nos 4 continentes onde trabalhei, nunca vi nada que se parecesse com o que vejo todos os dias em Teltow: alimentos e objetos de valor em perfeito estado deitados para o lixo. A menos de 50 metros do meu depósito do lixo estão dois contentores para reciclagem de vidros e tecidos. Só num dia retirei 35 garrafas de vidro do lixo geral e 15 peças de roupa para as levar para a respetiva reciclagem. Minha mãe dizia que deitar comido no lixo 🚮 era um pecado. Eu digo que o que vejo fazer em Teltow é um crime contra a humanidade 60 vezes o pior que se cometeu no tempo de Hitler: em 20 anos de nazismo o pior que se fez foi a morte de 6 milhões de judeus, ciganos, ladrões e “criminosos” para a ideologia nazista, quase todos inocentes ou heróis que participaram a 40 atentados para matar Hitler. Hoje morrem por ano 6 milhões de crianças com fome e doenças curáveis, 12,6 milhões por poluição, (fonte: ONU). Um crime contra a humanidade que mata 60 vezes os mortos do tempo de Hitler, em minha opinião todos mais inocentes de muitos dos condenados à morte pela justiça do tempo de Hitler.

Atendendo a que António Guterres é o político mais potente e mais sensível a estas injustiças, atendendo a que Angela Merkel é depois de António Guterres a política mais potente e mais sensível à solidariedade com os mais desgraçados e vítimas inocentes, peço-lhes que façam qualquer coisa, ao menos um discurso de 3 minutos na Internet a pedirem mais “RRR=Reciclagem-Reutilização-Reconversão”.

Atendendo a que “Bambi” foi o melhor programa de TV de toda a minha vida, o mais sensível e com melhores prémios para as personalidades mais empenhadas nas melhores causas para um mundo melhor, ofereço-lhes a minha colaboração gratuita para qualquer acção de voluntariado e beneficência ao serviço desta causa: “RRR=Reciclagem-Reutilização-Reconversão” ou de outras que contribuam a salvar milhões de vítimas inocentes da poluição, fome, doenças curáveis, criminalidade, terrorismo e guerras.

Atendendo a que no comune de Teltow vi os piores “crimes contra a humanidade” com alimentos e objetos deitados no lixo em vez de serem reciclados e conheço um espaço que me parece ideal para a “RRR=Reciclagem-Reutilização-Reconversão”, peço a cedência temporária para fazer as minha experiências de “RRR=Reciclagem-Reutilização-Reconversão”, converter lixo em arte, fazer leilões de objetos recolhidos e sensibilizar a população para maior “RRR=Reciclagem-Reutilização-Reconversão”, darem 50 passos para deitarem os vidros e roupas nos respetivos depósitos para a reciclagem.